terça-feira, 13 de novembro de 2007

O pega-pinto

No título deste blog estão fotos da folha e da flor de pega-pinto. Fotografei no Cabuletê do Careca, (uma hora dessas o Carequinha – Milton Maia Filho - escreverá neste blog sobre o Cabuletê), em julho de 2006, no aniversário da matriarca Zilma. A Raimunda trouxe algumas mudas do Ceará e está fazendo uma plantação de pega-pinto no Cabuletê.

O pega-pinto, também conhecida como agarra-pinto, amarra-pinto, batata-de-porco, beldroega-grande, bredo-de-porco, erva-tostão, é um planta da família das nictagináceas (Boorhavia hirsuta), é uma erva cujos ramos crescem até cerca de 70cm de altura, tem folhas quase redondas, opostas, brancas esverdeadas e os frutos são parecidos com os da erva-doce, porém bem maiores, verdes, pegajosos. A raiz é roxa por fora e branca por dentro.

Antigamente, tinha muito pega-pinto em Rio Branco. O pega-pinto produz umas pequenas flores, que nem carrapicho, onde os pintos do terreiro, encostam suas finas penugens e ficam presos até que uma alma caridosa venha soltá-los, segundo relato da Dedê Maia que o ouviu de sua mãe, Ester.

Com a raiz de pega-pinto o Benedito fazia um refrescante aluá, temperado com cravo, gengibre, açúcar gramixó e muito amor. Vendia esta bebida numa banca, debaixo de uma mangueira, na Avenida Epaminondas Jácome, perto do Mercado Municipal de Rio Branco. Com essa bebida, criou os filhos e filhas e por causa dela passou a ser conhecido como “seu” Benedito pega-pinto. E a partir daí...

Além dessa bebida refrescante (eu tive a oportunidade de conhecê-la em São Luiz do Maranhão), o pega-pinto tem um grande uso medicinal. É recomendado para: afecções hepáticas, anúria (diminuição ou supressão da secreção urinária), cistite (inflmação da bexiga), congestão do fígado, hemoptises da tuberculose, barriga d’água, icterícia, nefrite, picada de cobras, retenção de urina e uretrite.

Em janeiro de 2007, encontrei as raízes de pega-pinto no Mercado São José, em Recife – PE, e a raizeira, com seu falar típico, explicou que o chá de pega-pinto curava várias doenças, inclusive as da “prosta”.

No o sítio
www.clinicaflama.com.br/curiosidades6.asp é dito que a infusão de pega-pinto é bom para coceiras (coloca-se a raiz de molho e toma-se banho com a água).

Segundo
http://portalamazonia.locaweb.com.br/sites/ervas/noticia.php?idN=1074 o pega-pinto cura inflamação do fígado e também é um ótimo auxiliar na digestão:Modo de fazer: retirar a raiz da planta, lava-se bem e corta-se em pedaços bem pequenos; cozinha-se por 3 minutos uma colher das de sopa (cheia) em meio litro de água; depois de frio, coar e beber o conteúdo dividido em 3 doses diárias durante 2 semanas.






8 comentários:

Anônimo disse...

Adorei as informações e as fotos. Só um corção chio de sensibilidade faz tudo com tanto carinho. Beijos manos. Sou "tiete" de tuas "invensões".
Olívia Maia

Amigos do Rádio disse...

Olá, aqui em minha cidade tem bastante dessa erva, queria comercializa-la vc, tem informações onde posso fazer isso .
desde já obrigado pelas informações ; .

Anônimo disse...

As folhas e flores dessa planta auxilia no trato de retenção de liquidos, e é compravada a cura de inflamação da bexiga.

GeicyAlves disse...

gostaria de saber se essa planta tb e indicada para o combate de nefrite em crianças!
geicyquerubim@hotmail.com

Dona Dunga disse...

Olá amigos
Goitei muito do jeito de vcs. e das informações. me interesso muito pelas nossas tradições e pelos remédios e alimentos naturais.
Alguém pode me dar a receita do famoso refresco de pega-pinto que é muito tradicional no ceará?
Agradece

rita disse...

a raiz do pega pinto cura vitiligo?

Prof. Fernando Lo Iácono disse...

O Médico Indiano Dr RAJU que esteve aqui no Brasil ministrando os cursos de Fitoterapia Ayurvédica nos disse que o Pega Pinto cura até Câncer, pois refaz, recupera, regenera todas as células do organismo, além de eliminar as más ( cancerígenas ). Bem melhor para as vias urinárias do que o Quebra Pedra, que na Índia é mais utilizada para tratar de Hepatite ! aqui em Goiânia criamos em 1986 o HMA Hospital de Medicina Alternativa, que usa estas plantas:http://www.saude.go.gov.br/index.php?idEditoria=4129
Abraço fraterno ! Prof. Fernando Lo Iacono

Bia disse...

Boa noite eu gostaria de saber se este chá tem algum eficaz no tratamento de pisoriase ?